01 – Contra privilégios do funcionalismo, executivo, legislativo e Judiciário

***

Mais Brasil, menos Brasilia. Há algumas semanas participei de audiência na Assembleia Legislativa onde denunciamos salários de  mais de 100 mil reais por mês. Estes privilégios a funcionários públicos, dão prejuízo de 5 bilhões de reais por ano apenas ao Estado de Minas Gerais.Vivemos hoje em um Estado agigantado, ineficiente, paquidérmico e usurpador.O Estado nos roubou o direito de gastar nosso próprio dinheiro sob justificativa de que gastará melhor do que nós, centralizando  poder excessivo e responsabilidades que geram corrupção.Esse Estado agigantado serve como estratégia de poder, para controlar os cidadãos através de migalhas, ao mesmo tempo que favorece os companheiros de partidos, distribuindo ministérios, secretarias e cargos comissionados com salários milionários.Ao gastar mal o dinheiro do contribuinte o estado falha em sua missão mais básica, que é prover à população de segurança, saúde, educação de qualidade e justiça, ou seja: arbitragem justa e eficiente. Infelizmente nosso Estado falha em todas elas.Precisamos combater o estado paquidérmico, precisamos de Estado Mínimo.Nessas eleições precisamos demolir essa estrutura que nos roubou o direito de decidir o que fazer com nosso próprio dinheiro.Defendo a diminuição de impostos e a redução do tamanho do Estado Brasileiro.Meu nome é Syllas Valadão, venha comigo, vamos juntos mudar o Brasil.Mais Brasil, menos Brasília